18 Setembro 2008

Uma questão de critério

"O serviço de finanças de Sacavém foi assaltada ao início da tarde de hoje. Os dois assaltantes estavam armados e levaram um valor ainda não apurado de dinheiro da tesouraria das finanças. A Polícia Judiciária já esteve local."
Pela primeira vez estou do lado dos assaltantes e dificilmente mudarei de opinião.

8 comentários:

Ana Ferreira disse...

LOL estávamos a comentar essa notícia no canal, ladrão que rouba a ladrão tem cem anos de perdão.

m.camilo disse...

Não terá sido alguém do governo?

Mãe da malta disse...

ahahah não sei se me ria mais da noticia, ou da sua opinião. lol

-VC- disse...

Bem feita. Agora fiquem à espera do reembolso para verem como é bom..

Frederico Lucas disse...

Vejo que ainda conseguem fazer humor de algo tão sinistro para a sociedade portuguesa: A doçura de relacionamento entre essa instituição e os contribuintes no pressuposto de que somos todos como o Carrapatoso que lhes eu um calote de 35 mil contos.

Frederico Lucas disse...

Camilo,
Confie que não foi alguém do governo. Têm ao seu dispor outra via.

bilhas disse...

Pedro,

Eu confesso-me preocupado. Se a moda pega lá vai o Sócrates ter mais uma desculpa para subir os impostos!

AB disse...

O que é mesmo mesmo triste é as finanças não saberem quanto dinheiro têm. No fundo o interesse não é saber quanto têm é arrecadar o mais que possam, depois logo se vê onde se há-de gastar...