28 setembro 2008

Uma boa pergunta (à qual não sei responder)

O leitor JVC colocou-me hoje (e a mais meia dúzia de maduros) uma boa questão à qual não sei responder. É um bom início de discussão...

..."Ao ouvir no carro uma reportagem de futebol, ocorreu-me uma coisa que acho estranha. A baliza tem 7 m de largura, se não erro, e aqueles profissionais, a 20 m, falham 50% ou mais dos remates. Para um jogador de golfe, é coisa inacreditável. Eu sou amador, handicap 28, mas quando pego num ferro 5 e atiro a bola a 150 m, fico envergonhado se ela se desvia mais de 10 m para um lado ou outro da minha linha de alvo. Quando chego ao green, tenho de pôr aquela bolinha num buraco de 10 cm de diâmetro. Se, a 10 m de distância, não o consigo fazer em duas vezes, lá vai outra vez vergonha."...

Ocorre-me dizer-te que não tens oposição, que o teu metabolismo não está a "mil", que tens todo o tempo de que necessitas para preparar a jogada. Que não tens milhares de olhos cravados em ti e que partes de uma posição fixa. Ainda assim não é justificação...

6 comentários:

Leonel disse...

A diferença está no facto de no golfe jogar-se com as mãos...

Jonas disse...

O Golf é um desporto individual, o futebol é um desporto de equipa.

O Golf joga-se de uma posição paradinha, com tempo para ajustar a pancada, fazer a pontaria, calcular a força, o futebol joga-se em movimento e em velocidade (excepção feita aos lances de bola parada), e sem grandes tempos para grandes preparações e medições. Normalmente, entre a bola de golf e o buraco não há obstáculos em movimento e os obstáculos que existem são geográficos e/ou naturais, enquanto que no futebol os obstáculos são outros jogadores (da mesma equipa ou da equipa adversária).

Porra, há tantas diferenças..... e eu nem percebo nada de golf.

Jonas disse...

E mais essa Leonel, um joga-se com as mãos e outro sem ser com as mãos (à excepção do guarda-redes e do Vata :)

António Manuel Dias disse...

Tal como dito acima, a velocidade a que o jogo decorre e o facto de haver adversários a tentar contrariar as acções dos jogadores torna o futebol mais difícil que o golfe. Jogar-se com os pés também é um factor de dificuldade, tal como o são o tamanho e massa da bola de futebol, que a tornam bem menos controlável que uma bola de golfe. Para além disso, no golfe usa-se uma ferramenta, o taco, enquanto que no futebol se usa o próprio corpo.

m.camilo disse...

Então e no Hóquei em patins? Balizas pequeníssimas, com um gajo vestido de forma a tapar todas as possibilidades, bola um pouco maior que a do golfe, jogadores a deslocarem-se sobre rodas e nas mãos também uma ferramenta. Apesar disto, golos é um fartote...

Luís Maia disse...

Além disso penso que o homem do golf não se chama Nuno Gomes