11 Setembro 2008

Quando eu for grande

Quando eu for grande, quando eu for grande e rico e tiver um relvado em frente à casa para decorar, é este tipo de mobiliário de jardim que vou querer comprar ou construir. Para quando voltar a casa ao fim do dia me poder ajoelhar e orar um sentido "Pai, perdoa-lhes!...".

9 comentários:

Ana Ferreira disse...

Credo cruzes, era melhor aqueles anões de jardim, há pessoas com um raio de um gosto mórbido....

Binha disse...

Deve sr a casa do coveiro!

kincas disse...

Sapos de barro. Para afastar os gipsys.

m.camilo disse...

'Tou a imaginar a mansão do Pedro...com umas águias de cada lado do enorme portão... :)

Ana Ferreira disse...

LOOOL Camilo bem pensado O:-)

Manela disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Manela disse...

Perto de casa, tenho um condomínio fechado (pelo menos a esta hora está fechado) cheio de casinhas destas como as da foto... Não tem graça....

Miguel disse...

Ali para os lados de Paços de Ferreira existem muitas dessas capélinhas.
Como me disse um amigo brasileiro:
"Cara, aqui metem a Nossa Senhora Num Aquário?"

Pedro Aniceto disse...

Mas a Manuela estava a falar do Condomínio "Alto de S.João"... ;)