19 Setembro 2008

The little engine that could

Quando entrei na carruagem do Fertagus suburbano que esta manhã me haveria de conduzir ao meu destino, estranhei que o sistema de iluminação estivesse desligado. Na penumbra, escolhi o meu lugar enquanto observava as equipas de manutenção de limpeza a avançar recolhendo os inevitáveis detritos que os passageiros da viagem anterior sempre deixam espalhados. Aproveitei para perguntar se eu não estaria equivocado, se este comboio vai partir conforme o indicado nos placards. "Sim, vai" disse-me com um sorriso a senhora mais próxima que pausou a azáfama da apanha de folhas de jornais gratuitos para me dizer: "E se está desconfiado que não vai partir por causa de não haver luz, foi o motorista que deve ter deixado o motor ir abaixo. A mim também me acontece às vezes, não atino com a embraiagem..."

14 comentários:

m.camilo disse...

Não sei como consegues, com tudo o que tens para fazer, ainda ser motorista da Fertagus...cum caraças... :)

Pedro Aniceto disse...

Uma vez tentei levar um Alfa para o Porto, mas achei melhor não. Mas quem sabe bem dessa guerra é o Botinhas que acelera na linha de Sintra!

botinhas disse...

tentei levar um Alfa para o Porto
Com a fiabilidade dos carros italianos, não passavas de Aveiras!

Mas por comboios, ia perguntar: que raio de fenómeno é que acontece ali entre as estações de Entrecampos e Roma/Areeiro (pelo menos com os comboios da linha de cintura) que durante uns metros o comboio rola devagar só com a inércia, o a/c desliga-se e não se houve qualquer barulho mecânico ou eléctrico?
A sinalização existente (e que eu consigo ver da janela) diz só UTE (ou UT1), mas não sei se estará relacionado...

botinhas disse...

Ah! E a "viagem" na linha de Sintra está aqui.

kincas disse...

Essa história do alfa não foi por aqui contada?

to botinhas.
Não estará a passar de eléctrico a diesel (por mudança de linhas) ou vise-versa?
(atenção que não percebo nada disso)

Pedro Aniceto disse...

Também não sei que fenómeno é (raramente faço esse percurso), mas acontece algo similar a um ou dois klms de Coina. Hei-de perguntar a um dos maquinistas.

Miguel disse...

O gajo quando levar o comboio para a revisão e pedir para mudar os discos da embraiagem é que vai ser...

m.camilo disse...

Coina? Isso não fica ali para os lados de Venda das Raparigas?

Pedro Aniceto disse...

Eu nem acredito que vou escrever isto, mas cá vai: Vais poucas vezes à Coina, Camilo! ;)

m.camilo disse...

Porra! Passei sempre ao lado, quer numa quer noutra.....que é que tu queres? É a vida!

Ana Ferreira disse...

Xiiii uma pessoa ausenta-se um dia e vocês já descambam.....

Binha disse...

Eu até nem estou em mim!

Pedro Aniceto disse...

Se não estás em ti ao menos veste um agasalho! ;)

Binha disse...

Com estes calores? ;)